FRONTERA

Espaço Frontera

Espaço Frontera

Frontera, esse é o nome do novo espaço que compõe o restaurante Toro (104 sul). O ambiente, localizado na parte de cima do restaurante, é uma área VIP que acomoda 30 pessoas e segue o mesmo charme da decoração rústica chique.  Destinado para reservas, eventos ou comemorações especiais, conta com parrillaparrillero, garçons e cardápios próprios.

 Restaurante Toro – CLS 104 Bloco C loja 29 – Asa Sul

De segunda a quinta-feira das 12h às 15h e das 19h a 0h, sexta-feira e sábado das 12h às 16h e 19h a 0h e domingo das 12h às 17h

Maiores informações: (61) 3225.0494

Crédito foto: João Teles

BAR SANTA FÉ RECEBE TORCEDORES PARA BRASIL X COLÔMBIA

Croquete de fraldinha

Croquete de fraldinha

Nesta sexta (4), após o jogo, o DJ Jonnes Veloso e banda alegram o público

O último jogo do Brasil causou alegria, mas também muita comoção. E, para alegrar ainda mais a partida, o bar Santa Fé, localizado no Jardim Botânico, oferece espaço para os torcedores brasileiros. Para o jogo, marcado para às 17h, a promessa é diversão, gente bonita e comida boa.

Para compor a torcida, comidinhas do cardápio podem ser degustadas na hora da partida. Petiscos como Iscas de Tilápia com molho aiolli saem a R$ 29. O molho é preparado com maionese, alho e azeite extra virgem. Já as Iscas de Filé Mignon são servidas com pão francês por R$ 33. Além disso, os deliciosos croquetes de fraldinha desfiada (oito unidades) são servidos por R$ 26. As suculentas mini polpetas de filé mignon com molho picante são acompanhadas por pão francês e podem sair por R$ 29. O inesquecível Carpaccio é servido com rúcula, alcaparras, molho de mostarda, azeite e parmesão e sai a R$ 29.

Para a atração musical, após o jogo, às 21h, o DJ Jonnes e banda animam a galera, com música pop rock nacional e internacional.

Brasil X Colômbia

Bar Santa Fé – Condomínio San Diego Lote 32 Loja 1,2,3

Entrada: R$ 20

De terça-feira a domingo, a partir das 12h

Para informações: (61) 3427-2312

Crédito foto: Rômulo Juracy

MAGRELAS

Parece que as bicicletas laranjas, espalhadas por Brasília, caíram no gosto dos brasilienses e por quem passa por aqui. Passear com elas pela capital já virou um dos mais novos programas nos fins de semana. Atualmente com 20 estações de bicicletas compartilhadas, a cidade ganhará mais 20 até o fim de julho. De acordo com a Secretaria de Governo do Distrito Federal foram feitos mais de 12 mil passeios por toda a cidade e cerca de 20 mil cadastros no sistema desde a inauguração do projeto, há um mês.

Para usar a bicicleta, basta fazer um cadastro na página da Bike Brasília na internet, informando o número da carteira da identidade, do CPF, do telefone celular e o endereço. É preciso pagar uma taxa anual de R$10. Na hora de passear, a bicicleta pode ser alugada por meio de aplicativo para IphoneAndroid eWindows Phone, ou pelo telefone 4003-9846.

bike pode ser usada por uma hora, depois desse período o ciclista tem de esperar 15 minutos para usá-la novamente, por mais uma hora. Se não fizer essa pausa, terá de pagar R$5 por hora excedente.

Para saber mais: no dia 21 de junho, dez novos pontos de compartilhamento foram inaugurados em Brasília – na Rodoviária do Planto Piloto (três estações), no Centro Empresarial Brasil 21, no Setor Bancário Sul, no Setor de Abastecimento Sul, no Setor Comercial Sul (duas estações), no Setor de Rádio e TV Sul e no Setor Comercial Norte (duas estações).

NO INVERNO, CUIDE DA SAÚDE DOS OLHOS

cuide-da-saude-dos-seus-olhos

A temperatura na capital federal tem caído bastante, mas muitos não sabem que incidência dos raios solares não diminui. A mistura entre alta radiação solar, baixa temperatura e umidade baixa é um verdadeiro convite a problemas de olhos

O inverno chegou oficialmente no sábado (21/06) e os especialistas já alertam: o tempo frio e os hábitos típicos da estação podem sensibilizar a saúde dos olhos e o descuido pode gerar ou potencializar doenças sérias. E na capital federal, além das baixas temperaturas, quem vive aqui ainda precisa lidar com quedas drásticas na umidade do ar. Nesse período, os olhos sofrem bastante com as mudanças climáticas e acabam acometidas por doenças típicas da estação A previsão é que, como de costume, na região Centro-Oeste o clima fique bastante frio nas noites, madrugadas e início das manhã e calor à tarde, com umidade do ar baixa, chegando até mesmo a ficar abaixo dos 30%, índice considerado de risco de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Leia Mais »

VOCÊ NÃO PODE FICAR SEM SABER QUE…

Slide2

PORÃO DO ROCK 2014 VEM AÍ

Porão-do-Rock

Quem curte rock anota aí: a 17ª edição do Festival Porão do Rock acontece, na capital federal, nos dias 30 e 31 de agosto, no Estacionamento do Estádio Mané Garrincha. A promessa é de que passem por lá cerca de 34 atrações nos três palcos que serão montados, entre as atrações internacionais e nacionais já confirmadas estão CJ Ramone (EUA), Ratos de Porão (SP), Raimundos (DF) e The Evil Rock (DF).

Para dar início aos trabalhos em 2014, foram abertas, até o dia 8 de julho, as inscrições de bandas para a série de Seletivas ao vivo, que serão promovidas durante cinco sábados seguidos, de 19 de julho a 16 de agosto, em cinco diferentes cidades do DF. Aos interessados, basta acessar o portal oficial do festival – www.poraodorock.com.br – e preencher todos os itens do cadastro.

MUSEU ENTRA NO CLIMA DA COPA COM A MOSTRA “ENTRECOPAS”

SAM_0692 (Copy)

Como parte da programação da Copa do Mundo 2014, a Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal e a Divisão do Sistema de Museus receberão, de 11 de junho a 27 de julho, a exposição “Entrecopas”. A mostra – que tem curadoria de Wagner Barja e estará em cartaz no Museu Nacional do Conjunto Cultural da República (MuN) – apresenta um histórico da arte brasileira entre 1950 e 2014, datas em que o Brasil foi sede do Mundial. A entrada é franca.

“A proposta da mostra é valorizar e difundir nosso patrimônio visual ao reunir acervos locais de arte brasileira. Além dos acervos do MuN e do MAB, reuniremos obras de outras instituições e de coleções privadas da cidade para contextualizar a produção nacional de artes visuais daquele período, que foi bastante representativa”, afirma Barja.

Abraham Palatnik, Alfredo Volpi, Roberto Burle Marx e Vik Muniz são alguns dos artistas cujas obras vão compor a mostra. A expectativa de público, segundo dados da Secretaria de Turismo do GDF, é de 80 mil visitantes.

SAM_0710 (Copy) Leia Mais »

NOSSA CAPITAL É EXEMPLO PARA O MUNDO

IMG-20140627-WA0008

INVERNO INTENSIFICA DOENÇAS DE PELE

Pele precisa de hidratação reforçada no tempo frio

Durante o verão é comum a preocupação em cuidar da pele, as altas temperaturas e os banhos de sol não permitem descaso. Mas no inverno a maioria das pessoas acaba se descuidando, e é aí que entram em cena as doenças dermatológicas. Especialistas alertam que o tempo frio também é um grande inimigo da pele, e o descuido pode gerar ou potencializar doenças sérias.

Segundo o dermatologista Erasmo Tokarski, o grande vilão para a pele durante o inverno é o chuveiro: “No frio, as pessoas tomam banhos mais quentes e mais longos. Isso retira a camada de gordura protetora da pele, que já fica mais fina naturalmente quando a temperatura cai. Essa camada é essencial para manter a hidratação da pele e evita a penetração de bactérias e fungos. Seu enfraquecimento deixa a pele seca e mais sujeita a coceiras e alergias. Além disso, áreas como virilha, axilas e pés ficam vulneráveis a infecções”, explica ele.

Leia Mais »

CRAQUES NO JK SHOPPING

Amaral, Paulo Isidoro e Vampeta

Amaral, Paulo Isidoro e Vampeta

No Distrito Federal, os ex-jogadores da seleção brasileira Vampeta, Edilson Capetinha e Amaral foram recebidos  no fim de semana (21 e 22/06) pelo também ex-jogador Paulo Isidoro para um talk show no JK Shopping (localizado entre as duas maiores regiões administrativas do DF, Taguatinga e Ceilândia). Além de compartilhar um pouco da experiência em campo, os craques da bola conheceram os meninos do projeto Estrelinha Esporte Clube, que atende 270 crianças carentes em Ceilândia. A escolinha funciona desde 1983, com a ajuda de seus professores e doações, e de lá já partiram ídolos como o atacante Warley, que jogou na seleção brasileira nos anos de 1997 a 2000.

Paulo Isidoro com o Estrelinha Esporte Clube

“O contato com craques que conseguiram vencer dá um grande incentivo para esses pequenos. Um dia eles tiveram os mesmos sonhos que os meninos têm hoje, em se tornar um jogador profissional. Mas, o principal, é a mensagem que deixaram aos pequenos de não desistir e lutar sempre, mesmo que não sigam carreira no futebol, mas batalhar sempre na vida”, ressalta André Fabiano Sena, professor e um dos responsáveis pela escolinha.

Vampeta dá autógrafos