Home » Bem-estar » PRÉ-TREINOS PARA GANHAR MAIS ENERGIA

PRÉ-TREINOS PARA GANHAR MAIS ENERGIA

Entenda os riscos e benefícios de alimentos e suplementos que dão mais disposição para a prática de atividades físicas

A meta é mudar de hábitos, praticar atividades físicas e se alimentar melhor. Mas cadê a disposição? Para vencer a preguiça, muitas pessoas recorrem aos pré-treinos, que prometem dar um gás extra na hora de suar a camisa. Mas é preciso ter alguns cuidados para evitar efeitos adversos. Principalmente no caso dos pré-treinos naturais, como os chás, é comum as pessoas negligenciarem os riscos.

“Os pré-treinos podem provocar taquicardia, alterações na pressão arterial, entre outros problemas. Por isso, eles não são recomendados para pessoas com cardiopatias, pressão alta e doenças crônicas de modo geral”, avisa o nutricionista Daniel Novais. “E o ideal é que cada pessoa utilize uma dose personalizada, de acordo com o seu peso, altura, idade, massa muscular…”, ressalta. “Tomar uma quantidade menor do que a necessária também é ruim, porque os efeitos positivos não vão ser alcançados”, acrescenta. Por isso, é importante buscar a orientação de um profissional.

Quando bem utilizados, os pré-treinos podem trazer muitos benefícios. “Eles têm a função de dar mais energia, acelerar o metabolismo e, consequentemente, intensificar a queima de gordura. Muitos também têm propriedades antioxidantes, ou seja, combatem a ação dos radicais livres e ajudam a prevenir o envelhecimento precoce, entre outros efeitos benéficos”, explica o nutricionista Daniel Novais. Alguns pré-treinos recomendados pelo profissional são:

– Cafeína  um dos estimulantes mais conhecidos e utilizados, pode ser encontrado no bom e velho cafezinho e também de forma mais concentrada, em suplementos.

– Chá verde e chá branco – têm efeito termogênico e antioxidante.

– Citrus Aurantium – uma variedade de laranja, mais conhecida como laranja-amarga. Ela tem ação termogênica e ajuda a controlar o apetite. A casca contém sinefrina, um composto estimulante.

– Hibisco – estimula a queima de gordura e facilita a digestão.

– Amora vermelha – tem propriedades antioxidantes e auxilia no funcionamento do sistema digestivo, por ser rica em fibras.

– Óleo de coco – fornece energia e acelera o metabolismo.

– L-carnitina – também chamada de vitamina B11, a substância é naturalmente encontrada em carnes vermelhas, peixes, leite e derivados. Como suplemento, é utilizada na forma líquida ou em cápsulas. Ela atua no processo de transformação da gordura em energia.

– Taurina – ingrediente comum em bebidas energéticas, essa substância diminui a fadiga e tem propriedades desintoxicantes, pois auxilia no funcionamento do fígado. É um aminoácido produzido naturalmente pelo nosso organismo.

– Teacrina ou Teacrine – aumenta a disposição e tem efeito semelhante à cafeína. Geralmente é encontrada em forma de pó ou cápsulas.

Além de todas essas opções, o nutricionista Daniel Novais lembra que os pré-treinos podem ser qualquer alimento utilizado antes da prática de atividades físicas, por exemplo, frutas, torradas, ovos etc. “A indicação do pré-treino depende do objetivo principal da pessoa, se é emagrecimento, ganho de massa muscular, controle do colesterol e outras taxas.”, destaca o profissional.

Foto: Divulgação

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios são marcados com *

*

Assunto